Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Uncategorized’ Category

Hoje estamos aqui para lançamento da camiseta , produzida com a ajuda dos Amigos  Marcelo Pinheiro e Erico Padrão do  Carimbo Letterpress.

Todas as camisetas do Clube da Mancha são desenhadas como forma de divulgar o projeto dos Amigos da Mancha, com 100 % da renda destinada a ajudar  o trabalho  que fazemos  com os Amigos de Estimação que vivem em Situação de rua.

Camisetas na  cor branca e preta  em silk Screen , por 60,00 com entrega tb por sedex  ( 60,00 + valor do sedex ) 100% da Renda revertida  para ajudar os Animais  em Situação de Rua

 

 

 

Os Amigos Marcelo Pinheiro e Érico Padrão do  Carimbo Letterpress, Estúdio de Impressão Tipográfico em São Paulo  á rua Campevas 146, criaram um projeto exclusivo para ajudar o projeto social dos @amigosdamancha de Mutirão de Castração de animais em situação de rua e abandonados em espaço urbano da cidade de São Paulo.   “Caderninhos de desenho ou anotação” impressos em letterpress/tipografia, com clichês e tipos móveis antigos.
100% feito à mão.
Três passagens em máquina – duas para as letras e mais uma para o clichê.
4 cores de capa e miolo em papel off-white [64 páginas sem pauta].
O texto de fundo é composto pelas palavras cachorro [perro, dog, hund, inu e chien] e gato [gatto, katze, chat, neko e cat], em Espanhol, Inglês, Alemão, Japonês, Francês e Italiano.
O objetivo é arrecadar ajuda para viabilizar mais castrações de cães e gatos em situação de rua e dar uma visibilidade maior ao nosso projeto .
Porque somos um projeto VOLUNTÁRIO QUE TEM RECURSOS APENAS de DOAÇÕES, você nos ajuda a castrar mais e mais animais em situação de rua
Cada caderninho mede 16 x 11.5 cm e custa 25 reais un.

saiba mais www.clubedamancha.wordpress.com

 

Read Full Post »

Hoje estamos aqui para lançamento da camiseta do Scotch, produzida com a ajuda da  Artista Vegana  @silvana_mello  .

Todas as camisetas do Clube da Mancha são desenhadas com os animais resgatados da rua , como forma de divulgar suas vidas, com 100 % da renda destinada a ajudar  o trabalho  que fazemos  com os Amigos de Estimação que vivem em Situação de rua ;fazemos o acompanhamento  dos cães com vacinação  vermifugação ,castração , banhos mensais e tratamento antípulgas  e atendimento veterinário sempre que necessário .Na cor branca  em silk Screen , por 60,00

com entrega tb por sedex  ( 60,00 + valor do sedex )
100% da Renda revertida  para ajudar os Animais  em Situação de Rua

Também aceitamos  pedidos de encomendas  em outras cores  no minimo de dez.

saiba mais www.clubedamancha.wordpress.com

Resgatamos o Scotch  de 11 anos em janeiro de 2016, 15731647_1193160660790960_399022210_n sofreu  maus tratos a vida toda, seu dono morreu e ía ser abandonado na Favela do Moinho. E tentamos lhe dar  uma vida mais natural possivel.

Como é um AmigoEspecial de difícil Adoção, arrumamos umas madrinhas MUITO Especiais  a Camila e sua  Mãe a  Hanny ,15749783_1193131694127190_254369513_n-1 15750039_1192866370820389_1765364298_n que apesar de já terem seus animais de estimação , dois adotados  do Clube da Mancha, o gato Pompeu e o cão Joaquim ,colaboram mensalmente  para custear os gastos com o Scotch,Você também pode ser madrinha de um animal resgatado até sua adoção. contato clube-mancha@bol.com.br

Read Full Post »

Fizemos uma pequena ação na pç Princesa Isabel , dia 11 junho  e conhecemos os Freis Angélico  e o Frei Damião, que nos ajudaram no trato com os animais e também nos contaram que tinham uma gatinha precisando de ajuda. A gatinha agora  está internada na Clinica da Dra Luciana Guimarães  e após se recuperar será castrada e junto com os filhotes vão ser encaminhados para adoção posse responsável.   E conhecemos o trabalho que  os freis fazem tambem na Cracolandia.

 

 

Vivem em pequenas comunidades chamadas,fraternidade. Adotam o estilo de uma vida simples, marcado pela pobreza e buscam aproximarem-se ao máximo do estilo de vida dos pobres, a quem servem.

Como crêem em uma vida consagrada, o carisma adotado pela Fraternidade pede que suas casas seja a casa dos pobres. Ao lado deles, compartilham a vida comunitária; as tarefas diárias, a oração, a mesa da comida e da Eucaristia.

O comunidade chama-se Fraternidade Missionária O Caminho, mas é mais conhecida como Fraternidade O Caminho.
A Fraternidade teve início em uma casa alugada na Vila Natal, bairro periférico da zona Sul de São Paulo. Esse local serviria para ser uma casa de acolhida para jovens que, por causa do terrível flagelo das drogas haviam perdido tudo.

A primeira preocupação dos fundadores da Fraternidade O Caminho era ter um lugar onde os pobres pudessem ser acolhidos com verdadeira e piedosa dignidade, pois é em torno deles que a comunidade se constrói.

“Começamos a primeira casa a cerca de 15 anos donde se espalhou para outros lugares do Brasil e até fora, em outros países, sempre mantendo o mesmo chamado inicial: cuidar dos mais pobres.”

Em São Paulo, eles trabalham principalmente com pessoas em situação de rua, tem como objetivo a acolhida para o tratamento de recuperação da dependência química.

A casa do centro da capital paulista, fica na bairro da luz, de onde fazem a missão de rua e também acolhem para a recuperação de dependência química. Esta casa serve como triagem e tem capacidade para 18 pessoas. Após esse primeiro processo que dura de 15 dias a um mês, os Filhos Prediletos como chamam, são enviados para as chácaras em torno da grande São Paulo. A capacidade nas chácaras é de 40 internos.

Os freis ainda fazem pastoral de rua que é uma missão semanal, onde entre outras coisas levam o alimento para o corpo (lanche) e o alimento para alma (Palavra de Deus). Nas quartas-feiras eles revezam entre parca da Sé e Praça Princesa Isabel- Cracolândia das 08hs00 as 12hs00, onde cortam cabelos, barbas e fazem curativos, nas sextas-feiras levam lanches e a Palavra de Deus, das 20hs00 as 23hs00.

Com todo esse vasto trabalho o que impressiona é a confiança que esses frades tem na providencia divina, que a única fonte de renda. Eles acreditam que cada pessoa ao se próximar para contribuir é providencia de Deus.

Aqueles que sentirem vontade de ajudar de alguma forma, tanto com a presença como com doações de cobertores, roupas, material de higiene pessoal, alimentos e etc podem entrar em contato e falar diretamente com eles.

Segue o contato:

Fratérnitas Virgem dos Pobres

Rua Djalma Dutra, 69 – Bom Retiro
CEP: 01103-010 – São Paulo, SP
Tel.: (11)2386-2131- residência.
E-mail: maedospobres@ocaminho.org.br

Missão: Casa de apoio para as pastorais de rua, sobretudo no atendimento à Cracolândia.

Read Full Post »

 

Alexandre Staut ,publicado em Vida Breve

Os gatos e o fulgor da monotonia

Esta semana chegou novo morador em casa, um gato branco de orelhas, rabo e focinho amarelos, que primeiramente foi chamado de Bianco, depois de Tutu, Carinhoso, até receber o seu nome definitivo, Pedrinho. Tem dois meses, veio da favela do Moinho, em São Paulo, e me foi oferecido por  Amigosdamancha, que faz trabalho lindo , castrando animais abandonados e os ajudando a encontrar um lar.

Dar nome a um bicho requer tempo e persistência. Alguns parecem sugerir como querem ser chamados. Assim que olhei para Ferrugem, gata ruiva de olhos que combinavam com a pelugem, seu nome parece ter sido soprado nos meus ouvidos. Ferrugem foi embora cedo para o céu dos gatinhos.

Enquanto corria para lá e para cá, de veterinário em veterinário, tentando salvar essa gata, conheci o Clube da Mancha. Ferrugem partiu e sugeriram que eu adotasse uma gata de mais de um ano e com cara de bicho polar selvagem. Logo que apareceu na minha frente, olhou para mim, miou e se enroscou nas minhas pernas. Uma gata comunicativa. Quase uma boneca de pelos. O nome estava escolhido, Emília.

Mais uns meses, passeava pelo centro de São Paulo, até ver duas gatinhas recém-nascidas numa gaiola, nas dependências da ONG Natureza em Forma, que também faz belo trabalho e cuida gatos, cachorros e de pombas machucadas, além de resgatar galos de rinha. Pedi para pegar um dos felinos. Percebi que carregada uma rajada e esbelta. Vou levar para casa, disse à funcionária do lugar. Essa recebeu o nome de Brigite, mas, conforme crescia, passei a chamá-la de Rajadinha, Tigrinha, e depois, Brioche. Agora, responde por Bri. Sendo que o seu nome completo é Brigitte Brioche.

Emília, a primogênita, havia sido jogada numa lata de lixo, em Perdizes, pouco antes da adoção. Isso explica o seu comportamento temperamental. Da doçura extrema, pode virar um bicho selvagem em poucos segundos. Basta um simples carinho na barriga gorda e ela mostra os dentes afiados… e morde.

Quando Bri chegou em casa, apanhou um dia inteiro da Emília. Mas no terceiro dia, a primogênita a adotava e a lambia, numa espécie de cerimônia de concentração e silêncio. Com Pedrinho aconteceu o mesmo. Durante um dia inteiro foi espancado por Emília, que faz questão de mostrar que manda na casa. No terceiro dia, porém, ela amanheceu aos carinhos com o novo morador.

Bri, que é submissa à Emília, pareceu esperar a reação da mestra, à espreita, meio de longe, sem dar um miado. Assim que a dona da casa se aproximou do novo morador, Bri também foi lambê-lo.

Hoje, ao sair de casa, os três encontravam-se aninhados, numa harmonia que dificilmente existe entre nós, humanos. Então me lembrei da frase que um ex-marido da Inês Amorozo falava sobre gatos, e que atribuía a Guimarães Rosa: “Eles descobriram o fulgor da monotonia!”. E também de uma frase que, certa vez, ouvi Nilma Lacerda dizer, atribuindo-a a Hélio Pellegrino: “Os bichos estão tão integrados ao Universo, que ignoram a falta que preside os humanos. Por isso, não necessitam da linguagem e a gente sim.” Bonito, não é?

Read Full Post »

Em matéria publicada na revista do jornal Folha de SP na seção bichos, Silvia Corrêa nos conta o que já sabíamos, de forma comprovada , que somos um país de casas multicats onde os desafios se multiplicam. E o professor Archivaldo Reche uma das maiores autoridades em felinos perguntou  a 585 clientes quantos gatos tinham em casa,delas 85% tinham dois ou mais gatos e 50% tinham cinco ou mais gatos.Na natureza eles se organizam em matriarcados, há tolerância com os filhotes mas novos indivíduos adultos dificilmente  são aceites. Mas  nas nossas casas a situação é exatamente oposta.Sem acesso á rua, com pouco espaço, e pouca diversão eles são misturados sem laços de parentesco e sem ambientação.E brigas entre os gatos são muito comuns.Por isso sempre recomendamos adotar famílias, mãe e filhos ou dois irmãos para que não fiquem sozinhos.E da pouca experiência de já 20 anos sabemos que quem não faz o que sugerimos muitas vezes quer desistir da adoção ou mais tarde adota outros e tem dificuldades na adaptação . Adote em pares de preferência da mesma família.Adote a Mãezinha e seus filhinhos Jerry & Adriani castrados e vacinados .Adoção posse Responsável.

Read Full Post »

Ação conjunta @amigosdamancha e @moradoresderuaeseuscaes .Ação Fotográfica de Ocupação da Cidade no Parque MINHOCÃO. Dia 23 Abril  com EduLeporo fotógrafo de pets e do projeto @moradoresderuaeseuscaes. E assim a Arte vira Projeto Social.

Local Poste 31 Dia 23 Abril a partir 15h Retrato solidário 30 reais Uma ampliação 20×30 Apoio: revelaphoto.com.br

 

Você gostaría de fazer um retrato de Estúdio com um fotografo   , e não teve oportunidade ainda ? Então esta  é hora, convidamos os Amigos Fotógrafos  que vão oferecer um dia de seu trabalho de estúdio para fazer retratos.  
O Edu Leporo vai montar seu estúdio no Minhocão dia 23 de Abril  com 100% da renda revertida para  ajudar os Amigos da Mancha.
Somos um projeto VOLUNTÁRIO QUE TEM RECURSOS APENAS de DOAÇÕES, você nos ajuda a castrar mais e mais animais em situação de rua, porque só Juntos podemos ser a MUDANÇA que queremos ver no mundo. Enquanto  aguardamos uma atenção do poder público pensamos em fazer Ações fotográficas  . Porque uma vez mais, vimos que é isso  Decidimos fazer por nós mesmos. Porque a lição que fica  é; Sempre é preciso de mais ajuda, mas a gente aprendeu no processo que não dá pra ficar esperando juntar todo mundo pra começar a agir. A gente prefere fazer o que é possível do que não fazer nada” e assim oferecer um RETRATO de cães e gatos e seus donos ou só da sua família, ou  de você  enfim um retrato e não ficar parados não!Objetivo; com a fotografia arrecadar ajuda para viabilizar mais castrações de cães e gatos em situação de rua e dar uma visibilidade maior ao nosso projeto de resgate de animais em risco de vida em espaço publico e a adoção dos mesmos por famílias que os possam adotar de forma responsável. Esperamos mais uma vez contar com a solidariedade de todos os Amigos. Estas fotos foram realizadas agora dia 15 de  Abril quando estivemos no parque Minhocão , escolhendo locações para a ação fotográfica do dia 23 de Abril , com os cães Ovelhinha , Quindim e Branquinha que estão no hotelzinho aguardando Adoção posse Responsável 

Read Full Post »

 Você gostaría de fazer um retrato de Estúdio com um fotografo   , e não teve oportunidade ainda ? Então esta  é hora, convidamos os Amigos Fotógrafos  Beto Riginik e Gal Oppido que vão oferecer um dia de seu trabalho de estúdio para fazer retratos ,o Claudio Freitas
, a Rochelle Costi   vai fazer uma Ocupação  de retratos de Cães  na Av. Paulista e Edu Leporo vai montar seu estúdio no Minhocão
com 100% da renda revertida para  ajudar os Amigos da Mancha.
Somos um projeto VOLUNTÁRIO QUE TEM RECURSOS APENAS de DOAÇÕES, você nos ajuda a castrar mais e mais animais em situação de rua, porque só Juntos podemos ser a MUDANÇA que queremos ver no mundo. Enquanto  aguardamos uma atenção do poder público pensamos em fazer Ações fotográficas  . Porque uma vez mais, vimos que é isso ,” Cuida. Quem ama, sabe faz a hora, não espera acontecer. ” FAZ FAZENDO com amor  aos animais, ás pessoas e á cultura da cidade de São Paulo. Decidimos fazer por nós mesmos. Porque a lição que fica  é; Sempre é preciso de mais ajuda, mas a gente aprendeu no processo que não dá pra ficar esperando juntar todo mundo pra começar a agir. A gente prefere fazer o que é possível do que não fazer nada” e assim oferecer um RETRATO de cães e gatos e seus donos, e não ficar parados não! Nos juntamos mais uma vez a turma dos Amigos Fotógrafos  Beto Riginik, Gal Oppido, Claudio Freitas, Rochelle Costi e Edu Leporo e fazer Retratos com e sem os Amigos de Estimação. Objetivo; com a fotografia arrecadar ajuda para viabilizar mais castrações de cães e gatos em situação de rua e dar uma visibilidade maior ao nosso projeto de resgate de animais em risco de vida em espaço publico e a adoção dos mesmos por famílias que os possam adotar de forma responsável. Esperamos mais uma vez contar com a solidariedade de todos os Amigos . 
Vamos divulgar cada ação com dia hora ,local e custo.
As ações fotográficas de estúdio com o GalOppido de  dez vagas e o Beto Riginik  para o mês de Julho são apenas  cinco vagas para os primeiros inscritos. Faça já sua inscrição, chame os amigos, divulgue compartilhe
Seu retrato vai salvar uma vida.
Contato  para fazer os retratos
via e-mail clube-mancha@bol.com.br
Digite uma mensagem…

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: