Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘crianças e os animais’ Category

Conhecemos a família da Vilma no Evento de “Moradoresderuaeseuscaes” dia 17 de setembro e vimos acompanhando a família14469118_1092255344214826_1104172163_n 14470953_1092255447548149_334128446_n 14483737_1092255427548151_1374551857_n 14501909_1092255300881497_2136759818_n. A Vilma e o Cosme vivem há dois anos num cómudo  de uma ocupação  na Al.barão de Piracicaba no Centro de S.Paulo têm 5 filhos  Ingred 16, Isaac8, Iara7, Isadora5, Isaias4.14466228_1092255397548154_235264006_o 14502053_1092255540881473_851632712_n 14518465_1092255497548144_702559046_n 14522239_1092255117548182_251173826_o E  3 gatos adultos  o Tigre resgatado da rua faz um mês, a Rebeca com 3 meses de idade filha da gatinha Princesa; os dois já  que castramos dia  21 de set e a Mãezinha a Princesa que teve a segunda cria de 8 gatinhos dia 16 de setembro .  Uma cachorra resgatada da rua a Preta Gil que vamos castrar dia 19 de Outubro. E ontem apareceu um cachorrinho o Damião tambem perdido. A Vilma nos pediu ajuda para doar o Damião e os 8 filhinhos da Princesa.  
hoje, levamos ração , no Damião e  vermífugamos e aplicamos antipulgas no Damião semana que vem vamos fazer a primeira dose da v10 no Damião e na Preta Gil.
Ouvimos muitas histórias de famílias iguais à da Vilma  , muitas desempregadas,
que fazem muitos sacrifícios para ter e manter um grande número de animais em suas minúsculas casas, algumas de um cómodo só, pois preferem tê-los do que vê-los abandonados, sendo mal tratados , morrendo na rua e na porta de casa . E são essas histórias que não nos deixam desistir de nosso objetivo, pois queremos acabar com a crueldade e o abandono dos animais.
quanto mais animais castrados, menos animais abandonados! e menos maus tratos e sofrimento.
se você tambem quizer ajudar a Vilma entre em contato clube-mancha@bol.com.br

nos acompanhe no
Instagram amigosdamancha

Read Full Post »

Eeeeeeeeeeeee dia da Criança  vamos fazer uma homenagem a nossos melhores AMIGOS , mande sua foto de criança com seu AMIGO de ESTIMAÇÃO para clube-mancha@bol.com.br

com seu nome , idade e do seu Amigo ;ficamos te esperando.olha os nossos Amigos Isabel 5 anos & Zázá10511248_852555918101570_7372244113270220456_n

Sarah 6 anos & Zázá1545918_852556571434838_6829164242561711911_n

Eliane10613133_889355934409868_5689853593538576915_n

Cristina 12 anos e Caçadas

1979578_852555421434953_8271074437847553632_n000015Nice e Roseli

 

Read Full Post »

10615615_851806688176493_3301547859199325521_nEstá chegando o Dia das Crianças e é por isso que escrevo. Pais, avós, padrinhos, parentes e afins, cuidado com o que vão oferecer de presente as crianças. Não dê um animal para uma criança sem o consentimento de seus responsáveis pois pode ser trágico. Muitas vezes os pais não querem, não estão dispostos a cuidar, gastar tempo com passeio, gastar dinheiro com cuidados veterinários, banho, alimentação enfim tudo o que um animal precisa. Um animal precisa de tudo isso é muito mais …. Precisa que seja educado a fazer suas necessidades em um determinado local, precisa ser educado e nem sempre os responsáveis estão dispostos a isso e pode abandonar ou doar o animal para uma uma pessoa que não tem condições de cuidar adequadamente. Um animal tem sentimentos e ele o tratará da mesma maneira que será tratado. Pense bem, pois um animal abandonado passa fome, frio, medo, pode contrair doenças, pode ser atropelado, sofre muito. Melhor um bichinho de pelúcia se houver dúvida na hora da escolha por animal de verdade, pois se enjoar é só colocá-lo no armário e pronto. Mais uma vez pense bem na famosa frase: animal não é brinquedo, tem frio, fome e medo.
Feliz Dia das Crianças

Dra Eliane C.K.Botti Medica Veterinária  Assessora as questões referentes ao cuidados medicos veterinários de forma VOLUNTÁRIO  dos animais que resgatamos da rua, usando tambem como complemento Florais Homeopatia e Alopatia contato 982597377DSC_6608

A revista de Educação Continuada em Medecina Veterinária e Zootecnia mv&z  sita  que foi observada a associação do insucesso na posse    um dos fatores como motivação da posse ( aquisição do cão porque era “fofo”), por a pessoa ter  criança em casa e que havia adotado o cão para a criança.

Read Full Post »

Desde que sua filha Harper nasceu, A fotógrafa profissional Rebecca Leimbach começou a documentar a crescente amizade entre Harper e Lola, uma adorável bulldog Inglês da família. Após muitos anos de tentativas, Rebecca foi finalmente capaz de dar à luz a Harper. Infelizmente, logo se tornou evidente que Harper seria sua primeira e última filha biológica.

A amizade tem um significado especial porque Lola é, essencialmente, a irmã que Harper nunca terá

harperlola00-1harperlola01harperlola04harperlola05harperlola30girl-english-bulldog-friendship-photography-lola-harper-rebecca-leimbach-15harperlola09harperlola08girl-english-bulldog-friendship-photography-lola-harper-rebecca-leimbach-8harperlola06

Read Full Post »

Príncipe William e Kate Middleton aparecem em nova imagem ao lado do filho, o príncipe George, com oito meses. A família posou em uma janela no palácio de Kensington, na Inglaterra. George olha para o cachorro de estimação da família, Lupoprincipe-william-e-kate-middleton-divulgam-nova-imagem-do-filho-com-oito-meses-1396132927046_956x500

 

Read Full Post »

968868_554193591310928_1814091801_nSempre se diz  ” Adoção posse responsável  ” mas acredito mais na Doação responsável . Que envolve muita responsabilidade; retirar um animal de uma situação dificil e TER que LHE  dar somente  a MELHOR  FAMÍLIA DO MUNDO ;porque  Ele já passou por tanta coisa, que ninguem tem o direito de passar ,que não podemos permitir que nada mais  aconteça  com Ele.E que a partir dessa adoção possa ter o  necessário para  uma vida saudável e feliz. .Existe  até um  Teste do Proprietário Responsável,feito pela http://www.arcabrasil.org.br/acoes/adocao/teste/index.html ,  baseado nos 10 Mandamentos da Posse Responsável de Cães e Gatos –

Acabamos de fazer uma DOAÇÃO RESPONSÁVEL do nosso vizinho  Sherek .  O  Sherek Foi comprado na França e ao chegar ao Brasil sua dona não tendo tempo nem espaço o  deixou na casa do Tio que por sua vez não teve   muita vontade de cuidar, nem de passear,etc. Ao passarmos DSC_6369 - Cópiaem frente da casa e o ver todos os dias ali sozinho no frio e na chuva sem um prato de água nem comida ,falamos com o dono da casa que disse que ía  se mudar e  tambem não ía poder leva-lo .Perguntamos se queria nos doar ? Passado uma semana disse que sim. Saimos correndo atras de um lar temporário , para que o Sherek não ficasse mais nenhum dia  naquela situação.  Nossa amiga Silvana MeloDSC_6571 apesar de ja ter uma cachorra ,filha600247_584795208230350_1554791164_n , um marido com alergia e sem carro ,problemas que todos nós temos ,se ofereceu para o vir buscar. Passou o Sherek pelo veterinário  onde  tomou banho, foi vacinado,vermifugado e recebeu medicação antipulgas.1011329_584725214904016_485995675_n

Sabemos que o dia é curto, o trabalho é muito, não cabe a nós terminar a tarefa mas nem por isso podemos desistir de começar .Assim juntamos forças tambem com  a nossa amiga ReginaDSC_6561 e começamos um trabalho de Doção RESPONÁVEL mandando emails com fotos, telefonemas e contato via Facebook para encontrarmos  a MELHOR  FAMÍLIA DO MUNDO para o Sherek .E assim nosso Sherek  ganhou A SUA FAMÍLIA  . Deixo aqui as mensagem que recebemos que dizem muito melhor o quanto o Sherek é querido por todos.

” Estamos todos felizes!!! Ele é grande, pesado, desengonçado mas é  coisa mais fofa, tranqüila e meiga desse Mundo  / Adotado amado bem cuidado e feliz / Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus para mostrar ao homem o que é fidelidade…./  934650_553457424717878_204872899_nSherek nosso ogro que de ogro não tem nada e foi adotado por nós há apenas quatro dias tem se tornado o melhor amigo do Davi.
Entre um abraço e outro,1044250_586425174734020_64286798_n um super biscoito e outro( apelido que o Davi deu ao biscoito próprio pra cão) ouço o Davi falando pro Sherk: vc ta gordo sherek muito gordo… Um fofo!!!
Gordo assim porque vc tem um coração muito grande e gordo dentro de vc!!!
Quem quase ficou sem coração foi eu!!! Jkkkkk /   A veterinária esta acompanhando sim!!! Ela ja deu vacina de pneumonia porque o
bonito acha que pode ficar pulando na piscina!!! Kkkkk e vai começar a tratar tudo. Ela quer ir com calma porque achou que ele fosse estranhar mas pelo visto esta em casa!!! NASCEU PARA NÓS !!!  Esse aqui me ama viu!!!!561829_555873647809589_1714653492_nBruna Degan

Read Full Post »

Fotos com animais em circos expõem fatalismo russo

ANDREW E. KRAMER
DO “NEW YORK TIMES”

O pai se ajoelhou ao lado da filha e gentilmente a encorajou a pôr de lado seus medos.

“Não se preocupe”, sussurrou. “É só um gatinho.”

Mas, na verdade, deitada em um pedestal no saguão do circo Nikulin, em Moscou, balançando preguiçosamente a longa cauda amarronzada, a tigresa chamada Chanel não era uma gatinha.

Era um tigre-siberiano adulto, cujos treinadores usam em um dos mais assustadores rituais do circo russo: a prática de fotografar crianças com predadores durante o intervalo dos espetáculos.

Nesse momento, Chanel se senta. Enquanto as crianças se agrupam ao seu redor, seus enormes e iridescentes olhos amarelos continuam, inescrutáveis e selvagens, totalmente misteriosos sobre a pergunta premente que uma jovem preocupada faz a sua mãe: “Você acha que ela já comeu?”

James Hill/The New York Times
13200776
Sessões de fotos com animais de circo, como esta em Moscou, são populares na Rússia; às vezes, a iniciativa pode dar errado

Colocar crianças ao lado de feras carnívoras para uma foto -mesmo que por um segundo, enquanto o treinador se afasta- ilustra uma qualidade disseminada e profunda da cultura do país: a Rússia pertence a inveterados assumidores de risco. Nos negócios, na política, nas finanças e na aviação, uma atitude de desafio ao perigo está profundamente enraizada. Em apenas uma comparação, a Organização Mundial de Saúde disse em 2010 que o índice de mortalidade nas estradas da Rússia é de 55,4 por 100 mil veículos, já na Itália, era de 12 por 100 mil.

No século 19, o autor Mikhail Lermontov ficou tão surpreso com essa espécie de fatalismo que criou um personagem na novela “Um Herói de Nosso Tempo” que fazia roleta-russa com uma pistola de um só tiro. O personagem se salva porque a arma falha.

Quando perguntado sobre o perigo no circo, Andrei Y. Logulov, engenheiro químico magro e arrumado que incentivava sua filha Diana, de 11 anos, a se aproximar de Chanel para uma foto, encolheu os ombros como tantos outros russos.

Tudo isso torna a Rússia a terra do acidente evitável, do resultado trágico e da aposta que deu errado, no circo e em outros lugares.

E tem havido “acidentes”. No ano passado, um tigre de um circo itinerante mordeu a cabeça de um menino de dois anos durante uma sessão de fotos na cidade de Blagoveshchensk, no extremo oriente. O menino sobreviveu, apesar de a mordida ter fraturado seu crânio.

“É claro que isto é arriscado”, disse Logulov, “mas há riscos em todo lugar na vida. Um tijolo pode cair na sua cabeça na rua, por exemplo. Este é apenas um pequeno risco.”

Nos últimos anos, um leopardo-da-neve arranhou uma garota em um circo itinerante perto de Moscou e um tigre mordeu um espectador no balneário de Sochi, no mar Negro. Das cerca de 90 espécies de animais usadas em circos, uma dúzia é considerada pelos treinadores particularmente perigosa: macacos, tigres, leões, linces, pumas, ursos, leões-marinhos, morsas, águias, cangurus, hipopótamos, rinocerontes e elefantes.

Mas, pela emoção extra e pela renda, os cerca de cem circos que foram privatizados depois do colapso soviético costumam permitir que um membro relativamente dócil dessas espécies passeie pelo saguão de entrada durante os intervalos para tirar fotos. No circo Nikulin, uma foto com um tigre custa US$ 18 e com um urso, US$ 15. Os cerca de 70 circos que ainda são dirigidos pelo Estado proibiram essas práticas desde 2010.

Boris E. Maikhrovsky, vice-diretor encarregado de animais na Rosgostsirk, a companhia estatal de circo, e treinador de leões-marinhos e pinguins, disse que colocar crianças ao lado de predadores é inerentemente inseguro. Não é tanto uma ilustração do fatalismo russo, disse ele, quanto um sinal da ânsia pelo lucro superando o bom senso. Maikhrovsky defende no Senado russo uma lei que proíba tirar fotos de crianças com animais predadores.

“Temos uma ordem que proíbe categoricamente as fotos com animais”, disse ele. “Quem faz isso sabe que um dia acabará mal. Não podemos saber o que há na cabeça de um animal.” Os treinadores às vezes drogam os felinos antes das sessões, disse, embora isso nem sempre ajude.

Maksim Y. Nikulin, diretor do circo Nikulin e herdeiro de uma conhecida família de artistas circenses, defendeu as sessões como seguras e um bom exemplo de técnica. Além disso, a aparência de perigo faz parte das artes circenses, disse.

“As pessoas vão ao circo em busca de adrenalina. Se parecesse ser totalmente seguro, não seria interessante. Você olha e pensa: ‘Oh, esse homem pode ser devorado!’, ou ‘Aquele ginasta pode cair!'”

Chanel, disse Nikulin, é uma tigresa muito calma, que foi dessensibilizada desde pequena aos gritos das crianças e até a um ocasional e desaconselhável beliscão. Ele nega que ela esteja drogada.

No palco durante um intervalo recente, Chanel olhava calmamente para a multidão de crianças. Mikhail Zaretsky, seu treinador, explicou as medidas de segurança que ele adota, como alimentar o animal com quatro quilos de carne antes de uma sessão de fotos.

Quando Diana se sentou, estendeu o braço fino sobre o pescoço de Chanel, afagando-a.

Na multidão, alguns pais convenciam seus filhos temerosos a serem fotografados, enquanto outros tentavam fazê-los desistir disso.

Uma mulher que trabalha em uma barraca de sorvetes próxima há anos revirou os olhos e disse: “Deus seja louvado, nunca aconteceu nada de ruim aqui”.

Enquanto isso, Anya, uma menina de seis anos com um laço branco no cabelo, estava na entrada da jaula de Chanel. Ela olhou para a tigresa, então olhou para sua mãe e disse: “Estou com medo”. A mãe, Yulia M. Baranova, decidiu não tirar a foto.

“Nós olhamos para aqueles dentes, olhamos para aquelas garras…”, disse ela, e foram para as barracas que vendem algodão doce, ioiôs e dentes de vampiro.

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: